-->

quarta-feira, 31 de outubro de 2012

Chiara Ferragni por LM Studio

Na blogsfera são poucas as que conseguem realmente atingir um patamar de fama internacional. É o caso da italiana Chiara Ferragni, do The Blonde Salad (www.theblondesalad.com) A blogueira veio ao Brasil, pela primeira vez, para o lançamento de alto verão da grife de sapatos Luiza Barcelos. E para cuidar da produção de beleza das mesmas, a designer de sapatos escolheu Luiz Martins e seu LM Studio para tal. 

Chiara Ferragni

A garota é realmente um fenômeno no mundo cibernético. Chiara ganhou, no ano passado, o prêmio Bloglovin na categoria revelação – considerado uma espécie de Oscar da blogsfera. Não demora mais do que três minutos para que qualquer foto postado por Chiara, no Instagram, receba mais de dois mil ‘’curtis’’. A italiana é convidada para todas as semanas de moda mundo afora. Seja em Nova York, Milão, Paris ou Moscou, a italiana é presença ilustre. O fato faz com que ela seja uma das grandes trendsetters mundiais atualmente. O poder de Chiara Ferragni para formar opinião ou ditar moda depende de alguns segundos.


Na sexta-feira passada, dia vinte e seis de outubro, nos deslocamos até a fábrica da Luiza Barcelos a fim de produzir Chiara e a outra jetsetter australiana, Jessica Stein, do (www.fellt.com/tuula), para uma sessão de fotos onde são produzidos os lindos calçados da marca e para o evento de lançamento da coleção, na loja do BH Shopping.

Ricardo, Jessica e o Léo.

Os meninos do LM bombando na ''blogsfera''

#Resultado. Foto by: theblondesalad.com

No segundo dia de produção, sábado, 27 de outubro, as meninas foram ao LM para se produzirem, desta vez para o lançamento da coleção no Diamod Mall. 

Welcome to LM

Um dos fatos que nos deixou mais feliz, foi o comentário da Chiara Ferragni, ainda quando subia as escadas de entrada do LM Studio. ‘’A minha produção de beleza de ontem, cabelo e maquiagem, foi até então, uma das mais comentadas e elogiadas no meu blog e Instagram’’. Ficamos orgulhosos!

As irmâs Barcelos, Lúcia e Luiza, com Luiz Martins.

Luiza Barcelos. Maquiagem por Alécio

Jessica Stein. Maquiagem por Mauricio Rodrigues

Chiara e Flávia, do blogdaflavia.com.br que veio de Natal para cobrir os eventos.

Chiara Ferragni. Maquiagem por Ricardo Assumpçaõ

''Cabelo quando cresce é tempo, cabelo embaraçado é vento, cabelo vem de lá de dentro, cabelo é como pensamento''. Comportado, rebelde, ouriçado, domado, armado, assanhado, cabelo não é só enfeite. Ele seduz, enfeitiça e marca presença. Único e intransferível.

Espelho, espelho meu...

Foto postada no theblondesalad.com - Cabelo: Leonardo Pires - Maquiagem: Ricardo Assumpção

Quando você tira uma foto para colocar no perfil de suas redes sociais, o único fator determinante é que ela seja bonita e agrade seus contatos, certo? Então. Pela atitude, denotamos que Chiara aprovou a produção de beleza feita pelo LM. Alguns segundos após sair da nossa unidade de Lourdes, a trendsetter italiana alterou sua foto do perfil do Instagram.
.
#Consagração

Obrigado, Luiza Barcelos, por confiar ao LM à produção de beleza das trendsetters reconhecidas em todo planeta.


sexta-feira, 26 de outubro de 2012

Bonjour, Monsieur!

Basta algumas poucas horas em terras francesas pra gente se acostumar com esse cumprimento. Por toda parte, mesmo que sejam lá pelas tantas da tarde, os franceses fazem questão de desejar um bom dia, sempre muito educados   geralmente acompanhado de um sorriso!


Pra começar o dia, um bom croissant que só se faz por lá e um café preto já garantem as primeiras horas de deslumbre e encantamento. Não é segredo pra ninguém que a França esbanja charme, elegância e tantas outras qualidades: culinária e perfumes ainda são seus carros-chefes, mas há outros deliciosos trunfos escondidos de norte ao extremo sul do país que devem ser colocados na agenda: um deles, dedicado aos amantes do bom vinho. Ou melhor, dos melhores vinhos que se possa imaginar!

Partindo de Paris por trem, avião ou carro (para quem gosta desse tipo de programa, os fatores álcool x volante devem ser levados a sério!) abre-se um leque saboroso de no mínimo 8 regiões de altíssimo nível: Champagne, a região que deu o nome ao vinho de bolhas e onde são fabricados ninguém menos que Cristal, Dom Perignon e Moet & Chandon; Bordeaux, onde são produzidos os vinhos mais cobiçados mundo afora e de excelente custo/ benefício até para os pobres mortais; Alsácia, Borgonha e Vale do Ródano para citar mais alguns, e o mega complexo ao longo do Rio Loire (Vale do Loire), salpicado de pequenas e médias cidades, belíssimos castelos – alguns abertos apenas para visitação e outros onde pode-se desfrutar de uma hospedagem inusitada de muito bom gosto – e propriedades de médio porte de onde saem alguns dos melhores vinhos rosés da França. 

Castelo de Chambord

 Pelo Vale do Loire, bons vinhos combinam com vilas medievais cheias de vida, restaurantes estrelados pelo guia Michelin e curtos passeios de bicicleta pelas cidadelas vizinhas e seus parreirais, que mais parecem o “mar de todas as uvas”. E não pense que vai gastar os tubos de dinheiro: por lá, o vinho da casa é espetacular e os preços são ótimos.






 A bordo de um catamarã pelo rio Loire, vilarejos são desvendados a cada curva, pontes que mais parecem portais iluminados cortam o capítulo para em seguida revelarem um outro porto de descobertas. Para os aficionados, há visitas guiadas às principais vinícolas e castelos – entre eles o maravilhoso Chenonceau, conhecido como o Castelo das 7 Damas; e Brissac, muito explorado pela revista Caras, dentre tantos outros de igual beleza e importância histórica. 

Castelo Chenonceau

Castelo Brissac - nosso famoso Castelo de Caras.

Um programa educacional nada enfadonho, com direito a degustação de (mais!) vinhos e acesso aos arquivos quase secretos das propriedades. Por lá também está a original fábrica Cointreau: ela mantém a todo vapor a produção do seu licor de laranja que deu fama à marca, no começo de tudo.  

Aos amantes da boa gastronomia e que amam vinho, outra região francesa que não se deve deixar de conhecer é a da Aquitaine.  Justamente pelo fato de que é nesta região onde se situa Bordeaux, a capital universal e produtora dos grandes vinhos franceses. 

Bordeaux é o maior vinhedo demarcado em extensão do mundo. Há uma infinidade de vinhos produzidos na região. Dos Vinhos AOC (Appellation de Origine Contrôlée) até os regionais. A Cidade abusa na produção da bebida que faz bem ao coração. Sejam por questões fisiológicas, benefícios que o consumo do vinho proporciona ao funcionamento do corpo humano, seja por questões românticas. Um brinde a dois faz bem a ambos os corações!

Da vasta carta de vinhos produzidos em Bordeaux, indicamos dois rótulos que valem a pena serem apreciados. São vinhos de boa qualidade, mas nada de mega. Ambos são vinhos acessíveis aos mortais. 


Vinho: CHÂTEAU GLORIA
Chateau Gloria: Após a morte de seu fundador - Henri Martin - em 1991, seu genro Jean-Louis Triaud assumiu com a tarefa de preservar o negócio. Ele só não manteve como também melhorou a qualidade dos vinhos, e, embora não tenha entrado na classificação de 1855, nos últimos 25 anos o Château Gloria vem produzindo vinhos à altura dos seus vizinhos Cru Classé. Possui 50 hectares de vinhedos espalhados em St-Julien, com 65% Cabernet Sauvignon, 25% Merlot e 5% Cabernet Franc, produzindo 20.000 caixas em média. O preço médio é de 35 euros. Não foram encontrado preços para o Brasil.


Vinho: CHÂTEAU SAINT-PIERRE
  Chateau Saint Pierre: Levou quase 100 anos para juntar os 100 metros que separavam as 2 propriedades, mas em 1982 o dono do então Chateau Gloria - Henri Martin - comprou o Chateau St-Pierre, uma das vinícolas mais antigas do Médoc. Vinhos com incrível concentração, produzindo apenas 5.000 caixa ao ano, embora tenham 50 hectares de vinhedos, com 75% Cabernet Sauvignon, 15% Merlot e 10% Cabernet Franc, com idade média de 50 anos. O preço médio é de 65 euros. Não foram encontrado preços para o Brasil.
  
O Châteuau Saint-Pierre compõe o time dos grand crus, que são vinhos altamente selecionados, a partir de uma classificação feita em 1855. Outra dica que vale saber sobre os vinhos é que a safra de 2005 corresponde à melhor produção anual dos últimos tempos. Portanto, quando estiver estampado em uma garrafa o respectivo ano, saiba: o preço será maior. Indo a Bordeaux, aproveite e se jogue nos vinhos nacionais. Aqui no Brasil eles se tornam produtos importado e com preço elevado.

Aos que pretendem se aprofundarem mais no que diz respeito ao conhecimento sobre os vinhos, há uma loja especializada em neles, na cidadezinha de Saint-Émilion, a 15 minutos do centro de Bordeaux, que oferece cursos individuais ou para grupos formados. Todos com degustação. E o melhor: um dos professores franceses (Sr. Patrick Marchal) morou durante quatro anos no Brasil e fala português fluente. Para informações acessem o site (http://www.vignobleschateaux.fr/).

Se os vinhos estão para a boa mesa, assim como o rio para o mar, em Bordeaux não poderia ser diferente. A capital dos bons vinhos também brinca com o nosso paladar. E da mesma forma que para os vinhos, há uma infinidade de bons restaurantes, pâtisseries e padarias divinas.
Dentre os vários restaurantes que vale a pena conhecer, o Saint James é de extremo bom gosto. Localizado a alguns minutos do centro de Bordeaux, o restaurante possui vista panorâmica da cidade e um cardápio de fazer qualquer um delirar. (http://www.saintjames-bouliac.com/fr/index.php)


Sorvete de beterraba, chocolate e casquinha de waffle. hummmmm!!!
 
Além dos bons vinhos e da boa gastronomia, Bordeaux tornou-se referência na produção de cosméticos à base de uva, claro! A marca Caudelie é atualmente um dos bons cartões de visita para a cidade. Além de um SPA pra lá de chique, especializado em vinoterapia – o Le Sources de Caudalie - onde é possível tomar banhos imersos em banheiras cheias de vinho, os cosméticos da marca tornaram se mais uma ótima opção de compras. 



Os produtos são totalmente orgânicos e compõe o time dos ecologicamente corretos. Acreditam num planeta mais verde e numa cosmética mais comprometida. ‘’Concebo os meus produtos para todas as mulheres que, como eu, não querem ter de escolher entre eficácia e produtos naturais, entre glamour e ecologia’’, afirma a fundadora da marca, a senhora Mathilde Thomas. 

São específicos para a pele. Segundo a marca: ‘’ a pele é o reflexo das nossas emoções e o ponto de partida das nossas sensações. Como nós, a pele modifica e envelhece. É um processo natural que se inicia a partir do final do crescimento e difere segundo o capital genético de cada um.’’ Além de ser facilmente encontrado em Bordeaux, a marca já iniciou sua expansão e atualmente estamos encontrando em diversos FREE SHOPS mundo afora. Vale a pena conhecer!

O cuidado anti-gravidade

Este sérum oil-free reestrutura a pele em profundidade para recuperar a sua firmeza e elasticidade. A pele fica visivelmente mais jovem: os contornos são remodelados, as rugas atenuadas e a pele redensificada. Efeito tensor imediato. Aplicar de manhã e à noite, no rosto, no pescoço e no decote. Não comedogénico. Todo tipo de peles.


E, a despeito da crise que a maioria dos países enfrentam hoje no continente europeu, a França mantém, com uma taça de vinho nas mãos, o bom gosto no vestir e à mesa. Que seja para apreciar seus inventos na culinária, perfumes ou moda, vinhos ou castelos, museus ou seu acervo ao ar livre, a França sempre merece uma visita – do interior a Paris!

Au revoir e buon voyage!

CONTRIBUIU PARA O POST, nosso COLABORADOR para o tema TURISMO - Rodrigo Gurgel - agente Master Turismo.
Para montar seu roteiro de viagem, consulte o mesmo.
55 (31) 8895-1117